Carta de Qualidade


A USF S. João da Talha coloca o cidadão / utente no centro de toda a atividade da Unidade, incentivando a sua participação ativa no sentido de melhorar a organização e funcionamento da Unidade na procura da sua satisfação com os cuidados prestados.

Prestar cuidados de saúde de excelência técnico-científica aos melhores níveis de eficiência;

Fazer da aprendizagem uma característica nuclear da Unidade, dando prioridade ao desenvolvimento profissional e pessoal dos seus profissionais e promovendo a melhoria da qualidade da atividade da Unidade;

Valorizar as relações inter-pessoais, o bem-estar e a qualidade de vida de todos;

Para cumprimento da sua Missão o grupo de profissionais propõe-se seguir uma linha de atuação de trabalho em equipa e em rede, a observância das boas práticas gestionárias e das normas de ética e deontologia profissionais e dos Serviços Públicos.


São compromissos da USF São João da Talha, no âmbito da:

Promoção e vigilância da saúde:

  • Promover a responsabilização dos indivíduos, famílias e grupos na defesa e promoção da saúde individual e coletiva.

Prevenção, diagnóstico e tratamento da doença:

  1. Prestar cuidados personalizados, globais, acessíveis e longitudinais a todos os cidadãos utentes da Unidade, independentemente da sua idade, sexo ou afeção;

  2. Prestar cuidados a indivíduos no contexto das respetivas famílias, comunidades e culturas, respeitando sempre a sua autonomia;

  3. Prestar cuidados domiciliários de acordo com critérios expressos.

Acessibilidade:

  • Garantir o atendimento no próprio dia a todos os utentes cuja avaliação o justifique;
  • Dar resposta atempada aos pedidos de atendimento domiciliário de acordo com critérios expressos;
  • Ter um sistema claro e simples de marcação de consulta com hora de marcação, que diminua o tempo de permanência na unidade;
  • Possibilitar a marcação de consultas programadas presencialmente, por telefone ou por correio eletrónico;
  • Possibilitar a marcação de consultas do dia presencialmente ou por telefone;
  • Manter um sistema ativo de informação de cancelamento de consultas em situações imprevistas com soluções alternativas adequadas;
  • Ter um sistema eficaz, cómodo e seguro de renovação de receituário para medicação prolongada.

Instalações:

  • Criar um ambiente de trabalho agradável e com segurança;
  • Manter as instalações limpas e arrumadas e com climatização adequada;
  • Garantir um baixo nível de ruído ambiental;
  • Ter salas de espera confortáveis e agradáveis, com zonas adequadas e equipadas;
  • Garantir a acessibilidade e conforto em toda a unidade a pessoas com deficiência.

Qualidade:

  • Aplicar e monitorizar um programa de avaliação do grau de satisfação dos utentes, com divulgação dos seus resultados.

Comunicação:

  • Fornecer um Guia de Acolhimento com informação sobre organização e funcionamento da unidade no momento de inscrição dos utentes ou quando solicitado;
  • Divulgar informação atualizada através de placards na receção e salas de espera da unidade;
  • Divulgar informação relevante sobre o funcionamento e organização da unidade, assim como outra informação relacionada com saúde;
  • Garantir a possibilidade de comunicação por telefone ou correio eletrónico de acordo com regras expressas no Guia de Acolhimento.

Ensino-aprendizagem:

  • A unidade será um local vocacionado para formação externa de profissionais ou voluntários da área da saúde;
  • A unidade estará aberta à partilha da informação e do conhecimento sobre Saúde entre os profissionais da Unidade e o exterior;
  • A reflexão sobre a prática será um princípio da unidade.


A USF S. João da Talha pretende potencializar o trabalho de grupo com respeito sobre as especificidades individuais.